5 de jan de 2013

Poema da repetição, da contramão


Preciso de mais coragem e um punhado de fé 
Preciso de menos palavras e mais olhares que entendam e abracem o corpo inteiro
Preciso de mais dinheiro e menos sonhos que não deram certo
Preciso de sorriso no rosto e um tanto de calma paternal
Preciso de um lugar para descansar a mente e o coração
Preciso de tanto e tenho tão pouco...
Tenho tão pouco e preciso de tanto...
Acalma coração, um dia tudo dá certo, por enquanto vamos indo, mesmo assim... Na contramão.

Um comentário: