17 de fev de 2014

Sorriso leve, inveja padece



Felicidade, vou gritar baixinho... É que inveja que chega fazendo rebuliço. 
É tanto sorriso no rosto que as vezes eu finjo ser tristeza para não incomodar.
Tem sentimento escondido, mas é sentimento bom. Porque hoje o medo de tudo acabar é grande, e escondo o que me invade. Mas fica tranqüila que você está aqui. Tem amor, tem felicidade. Só vou fingir um pouquinho. Quem não incomoda, não fica triste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário