8 de nov de 2009

Cheiro de livro novo.

Não há nada melhor do que sentir um livro novo nas mãos; apalpa-lo, senti-lo e cheira-lo sem dó. Ah! Que boa sensação é essa de sentir um bom livro novo.
Quão boa é o sentimento de entrar em uma história, querer saber seu início, meio e fim. E de não conseguir parar de pensar em finda-lo rapidamente.

Seu corpo vive por aquilo, sua alma se alimenta por isso.
Quando lê, entra em transe, não nada no mundo a não ser você e seu querido livro.
Quão boa é essa sensação...
Os livros antigos antigos que me perdoem, mas nada se compara ao cheiro de um livro novo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário