3 de fev de 2014

Desabafo

Eu tenho medo que ela volte, porque aquela era fechada, ela sorria para o mundo mas deixava todos os caminhos de dentro trancados. Ela acreditava que a vida era um puxar o tapete e por isso não acreditava verdadeiramente em ninguém. Se ela voltar eu vou ser sozinha, vou ser feliz do jeito dela, mas vou sempre ficar na minha e com a nova, eu descobri que dói viver, mas que ao menos tu pode segurar a mão de alguém e ter as mãos entrelaçadas é melhor do que viver olhando para trás e jogando aos quatro cantos que aquilo não é para ti.
Eu não quero que ela volte, porque se ela voltar vou retroceder e estou mais feliz com a nova pessoa que sou. Eu não quero retroceder, mas ela está vencendo o caminho... Corre, alguém me dá um energético. Eu não quero perder, quero viver. E para ela dizer nunca mais.

2 comentários:

  1. Se ela não te faz bem, corra até não ter mais fôlego, corra até suas pernas não mais aguentarem tamanho esforço e mesmo estando exausta, enfrente-a e negue esse amor. Você só estará realmente pronta quando enfrentar.

    ResponderExcluir
  2. Dentro da gente, sempre existem dois caminhos. Tu consegues ver isso? Ela sempre vai estar aí, Camis. Mas cabe a ti comandar esse navio. Tu tens a escolha de um mar calmo ou de um mar tempestuoso. Ninguém falou que seria fácil, porque se assim o fosse, não seria a vida. Não desista. Mira no teu destino final e mostre a ela quem é a capitã do navio; da tua vida.

    ResponderExcluir